Cold

 

Letra: Roland Orzabal 

Vocais: Roland Orzabal 

Data de Lançamento: 7 de junho de 1993 (Elemental)

Vocais de Apoio: John Baker e Julian Orzabal

 

Cold Frio

 

The coldest shoulder cast in metal

Frozen to the bone

To rely on hook, line and sinker

What a sinker

Sinking like a stone

You'd be better off alone

 

She saw me on the television

underneath the sun

Thought that I was warm

like a mother, lover, brother 

Brother, she was wrong

Me, I don't long to belong

(Time stood still with his fingers

in his ears)

(Didn't wanna hear it from

another bunch of hollow men)

 

Cold,

been excomunicated 'cos I'm cold

My temperature's been hated

and I'm cold

Bring to me my big old sweater

Nothing more will make me better

 

I met her on a monday

and my heart did nothing new

Seems she thought of me some

mistic, fatalistic, mistical guru

Me, I haven't got a clue

But floating on a magic carpet

high above the earth

You can see the world like a

Buddha, bread and Buddha

Bigger than your hurt

Don't you know that love is work

(King got caught with his fingers

in the till)

(Where's your calculator,

will you leave it in your will?)

 

Cold, no heat on the horizon,

guess I'm cold

And Capricorn is rising,

yes, I'm cold

Listened to my old friend Nockles 

Hoped that it would

warm the cockles 

 

You can't fight the fear,

you can't,

this is the road you're on

You don't belong to me,

you don't belong to anyone

Your reputation lies

not in your eyes,

but those who dare

Will bite the hand that feed,

when it don't meet the needs

When you got blood to bleed,

you got a life to lead

 

In the flood, with my blood

I can hold you

(King got caught with his fingers

in the till)

 

Cold, been excommunicated

cos I'm cold

My temperature's been rated

and I'm cold

Bring to me my big old sweater

Nothing more will make me better

 

Cold, no heat on the horizon

guess I'm cold

There'll be no comprimising,

cold, cool, cold

 

Stone cold

Stone cold

Stone cold

Stone cold

Cold, cool, cold

Stone cold...

 

A mais fria indiferença forjada em metal

Congelando até os ossos

Para confiar completamente

Que peso

Afundando como uma pedra

Você estaria melhor sozinho

 

Ela me viu na televisão

debaixo do sol

Pensou que eu fosse caloroso

como uma mãe, um amante, um irmão

Irmão, ela estava errada

Eu, eu não quero pertencer

(Ficou o tempo todo com os dedos

nos ouvidos)

(Não queria ouvir aquilo de

outro bando de homens horríveis)

 

Frio,

fui excomungado pois estou frio

Minha temperatura foi medida

e eu estou frio

Traga-me meu grande velho suéter

Nada mais me fará melhor

 

Eu a conheci numa segunda-feira

e o meu coração não percebeu nada novo

Parece que ela me viu como algum

místico, fatalista, guru místico

Eu, eu não faço idéia

Mas flutuando num tapete mágico

bem acima da Terra

Você pode ver o mundo como um

Buda, pão e Buda

Maior do que a sua mágoa

Você não sabe que o amor é trabalho?

(King foi pêgo com os dedos

na caixa registradora)

(Onde está sua calculadora,

você a deixará no seu testamento?)

 

Frio, sem calor no horizonte,

acho que estou frio

E Capricórnio está ascendendo,

sim, eu estou frio

Escutei à minha velha amiga Nockles

Esperava que isso

me confortasse

 

Você não pode enfrentar o medo,

você não pode,

esta é a estrada em que você está

Você não pertence a mim,

você não pertence a ninguém

Sua reputação mente

não em seus olhos, mas

aqueles que ousam

Morderão a mão que alimenta,

quando ela não atender às necessidades

Quando você tem sangue para sangrar,

você tem uma vida para levar

 

No dilúvio, com meu sangue

eu posso te segurar 

(King foi pêgo com os dedos

na caixa registradora)

 

Frio, fui excomungado

pois estou frio

Minha temperatura foi medida

e eu estou frio

Traga para mim o meu grande velho suéter

Nada mais me fará melhor

 

Frio, sem calor no horizonte,

acho que estou frio

Não haverá compromisso algum,

frio, fresco, frio

 

Frio como pedra

Frio como pedra

Frio como pedra

Frio como pedra

Frio, fresco, frio

Frio como pedra...

 

Curiosidades:

 

    Em "Listened to my old friend Nockles", Nockles é uma referência a Nicky Holland, artista e amiga de Roland, que compôs várias músicas do álbum The Seeds Of Love juntamente com ele, e já havia também participado da turnê na época de Songs From The Big Chair.

    Em "King got caught with his fingers in the till", King se refere a Paul King, antigo empresário de Tears For Fears que declarou falência em 1990.

 

Roland Orzabal (adapt):

    "'Cold' é uma resposta e uma continuação de "Woman in Chains". Havia uma jovem fotógrafa alemã, que eu não fazia a menor ideia que era uma grande fã. Quando fizemos o show, ela queria tirar algumas fotos, mas novamente eu estava apenas virando a minha cabeça. Aí ela me enviou uma nota, e na mesma ela dizia: "Como pode alguém que escreve letras tão bonitas, ser tão frio?" É daí que vem o título... Eu acho que um engano que normalmente as pessoas cometem, é que quando elas me veem na TV, elas acham que eu sou um cara legal... quando na verdade eu sou um desgraçado".

Comentários: Cold

Cold

Data: 17/02/2013 | De: Publio

Engraçado este comentário do Roland. Realmente, ás vezes, quando olhamos diretamente nos olhos dele, nos shows, ele finge que não viu, ou dá uma tímida risada. Eu acho que ele é tímido, e acaba se tornando "frio". Mas continuo achando que ele é um cara legal. kkkkkkk

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!