Mad World

 

Letra: Roland Orzabal

Vocais: Curt Smith

Data de Lançamento: 20 de setembro de 1982 (Single 'Mad World')

 

Mad World Mundo Maluco

 

All around me are familiar faces

Worn out places, worn out faces

Bright and early for their daily races

Going nowhere, going nowhere

And their tears are filling up

their glasses

No expression, no expression

Hide my head

I want to drown my sorrow

No tomorrow, no tomorrow

 

And I find it kind of funny

I find it kind of sad

The dreams in which I'm dying

Are the best I've ever had

I find it hard to tell you

'Cos I find it hard to take

When people run in circles

It's a very very

Mad World

Mad World

Mad World

Mad World

 

Children waiting for the day

they feel good

Happy Birthday, Happy Birthday

Made to feel the way that

every child should

Sit and listen, sit and listen

Went to school

and I was very nervous

No one knew me, no one knew me

Hello teacher tell me

what's my lesson

Look right through me,

look right through me

 

And I find it kind of funny

I find it kind of sad

The dreams in which I'm dying

Are the best I've ever had

I find it hard to tell you

'Cos I find it hard to take

When people run in circles

It's a very very

Mad World

Mad World

Mad World

Mad World

 

And I find it kind of funny

I find it kind of sad

The dreams in which I'm dying

Are the best I've ever had

I find it hard to tell you

'Cos I find it hard to take

When people run in circles

It's a very very

Mad World

Mad World

Hlaajean World

Mad World

 

Todos ao meu redor são rostos familiares

Lugares batidos, rostos cansados

Adiantados para suas corridas diárias

Indo a lugar nenhum, indo a lugar algum

E suas lágrimas estão enchendo

seus copos

Sem expressão, sem expressão

Escondo minha cabeça,

quero afogar minha tristeza

Nenhum amanhã, nenhum amanhã

 

E eu acho isso meio engraçado

Eu acho isso meio triste

Os sonhos nos quais estou morrendo

São os melhores que já tive

Acho difícil de te contar

Pois acho difícil de aceitar

Quando as pessoas correm em círculos

É um mundo muito muito

Mundo maluco

Mundo maluco

Mundo maluco

Mundo maluco

 

Crianças esperando pelo dia

em que se sentem bem

Feliz Aniversário, Feliz Aniversário

Feito para se sentir como

toda criança deveria

Sente-se e escute, sente-se e escute

Fui à escola

e estava muito nervoso

Ninguém me conhecia, ninguém me conhecia

Olá professor me diga

qual é a minha lição

Examine-me bem,

examine-me bem

 

E eu acho isso meio engraçado

Eu acho isso meio triste

Os sonhos nos quais estou morrendo

São os melhores que já tive

Acho difícil de te contar

Pois acho difícil de aceitar

Quando as pessoas correm em círculos

É um mundo muito muito

Mundo maluco

Mundo maluco

Mundo maluco

Mundo maluco

 

E eu acho isso meio engraçado

Eu acho isso meio triste

Os sonhos nos quais eu estou morrendo

São os melhores que já tive

Acho difícil te contar

Pois acho difícil de aceitar

Quando as pessoas correm em círculos

É um mundo muito muito

Mundo maluco

Mundo maluco

Mundo Hlaajean

Mundo maluco

 

Curiosidades:

 

    A música 'Mad Word' foi o terceiro single lançado pela banda, e a que obteve a melhor posição do álbum de estreia da banda, alcançando a 3ª colocação no Reino Unido em outubro de 1982. Através disso, pode-se considerar que 'Mad World' foi a canção que alavancou a banda, principalmente no âmbito internacional, já que atingiu o Top 40 em diversos países entre os anos de 1982 e 1983.

    A letra é mais uma inspirada pelas teorias de Arthur Janov (explicitadas no livro "O Grito Primal"), e um trecho em que pode-se evidenciar isso com mais clareza é: "The dreams in which I'm dying are the best I've ever had" ("Os sonhos nos quais estou morrendo são os melhores que já tive"), que demonstra de uma forma talvez mais indireta que os sonhos experimentalmente mais intensos têm a morte como uma liberação de tensão, um alívio.

    Por mais que tenha sido a canção do álbum "The Hurting" com maior sucesso, não existia nenhuma pretensão sobre "Mad World". A ideia inicial sobre a música era que ela fosse o 'lado b' de "Pale Shelter", porém quando começou a haver uma percepção de que a música poderia ter uma recepção boa do público ouvinte, seu lançamento como 'lado b' foi retido, e com uma regravação (que contava com Chris Hughes na bateria), ela foi lançada como single.

    Uma das maiores dúvidas presentes na letra de 'Mad Word' (um belo exemplo de mondegreen) é a questão do que seria falado no último refrão ( ___ World). Pois bem, por mais que tal dúvida tenha ganhado bastante força com a versão* de Gary Jules (2001 - "Trading Snakeoil for Wolftickets"), ela já tinha sido explicada por Curt numa entrevista datada de 1983. A palavra exata seria "Hlaajean", uma associação a um planeta denominado "Hlaaj", criado por Chris Hughes (ou Ross Cullum) nos bastidores da gravação do álbum, e que acabou não sendo removido. Essa explicação acaba com algumas interpretações errôenas como "illogical world", "raunchy young world", "enlarging your world", e principalmente "Halogean World", que como dito anteriormente se tornou uma espécie de mondegreen (interpretação errônea que acaba se fixando como verdadeira), interpretação esta que acaba sendo evidenciada na impressão da letra, no lançamento de 1992: Greatest Hits.

    "Mad World", de certa forma, é uma das músicas mais influenciáveis do Tears for Fears no mundo musical. Existem por volta de 43 associações, dentre covers, versões, samples, citações...

 

Roland Orzabal (adapt):    

    "A ideia da música veio, quando eu morava em Bath, em cima de uma pizzaria. Dali de cima, eu tinha uma vista do centro da cidade, e que me fez ter a percepção de que Bath realmente era uma cidade muito louca, muito agitada. Na verdade, deveria tê-la chamado de 'Mundo Burguês"..

    "Liricamente, esta música é bem solta, ela vai fazendo um misto de imagens diferentes para a pintura de um quadro, sem especificamente, dizer nada sobre o mundo"

 

Curt Smith (adapt):          

    "Mad World foi o primeiro single totalmente finalizado. Nossa intenção era que se ganhássemos a atenção dele, poderíamos alavancar. Não imaginávamos que ela se tornaria um hit, nem a gravadora.

     "Ela é por demais uma música voyeur. Um observar para um mundo louco, aos olhos de um adolescente."

Comentários: Mad World

Manny

Data: 21/01/2018 | De: Gabriel Sena

Importante ressaltar que o Manny Elias, ex-baterista da banda, co-escreveu a música

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!