Mothers Talk

 

Letra: Roland Orzabal e Ian Stanley

Vocais: Roland Orzabal

Data de Lançamento: 6 de agosto de 1984 (Single 'Mothers Talk' - UK)

Backin' Vocal: Stevie Lange

 

Mothers Talk Mães Conversam

 

My features form

with a change in the weather

Weekend

We can work it out

My features form

with a change in the weather

Weekend

We can work it out


When the wind blows

When the mothers talk

When the wind blows

When the wind blows

When the mothers talk

When the wind blows

We can work it out


It's not that you're not good enough

It's just that we can make you better

Given that you pay the price

We can keep you young and tender

Following in the footsteps

of a funeral pyre

You were paid not to listen

now your house is on fire


Wake me up when things

get started

When everything starts to happen

 

My features form

with a change in the weather

Weekend

We can work it out

My features form

with a change in the weather

Weekend

We can work it out


When the wind blows

When the mothers talk

When the wind blows

When the wind blows

When the mothers talk

When the wind blows

We can,

Only we can 

work it out


Some of us horrified

Others never talk about it

But when the weather starts to burn

Then you'll know

that you're in trouble

Following in the footsteps

of a soldier girl

It is time to put your clothes on

and to face the world


Don't you feel

your luck is changing

When everything starts to happen

Put your head right next to

my heart

The beat of the drum is the fear of

the dark


My features form

with a change in the weather....

 

Meus traços se formam

com uma mudança no tempo 

Fim de semana

Nós podemos encontrar uma solução

Meus traços se formam

com uma mudança no tempo 

Fim de semana

Nós podemos encontrar uma solução


Quando o vento sopra

Quando as mães conversam

Quando o vento sopra

Quando o vento sopra

Quando as mães conversam

Quando o vento sopra

Nós podemos encontrar uma solução


Não é que você não seja bom o suficiente

É só que nós podemos fazê-lo melhor

Desde que você pague o preço

Nós podemos mantê-lo jovem e meigo

Seguindo as pegadas

de uma pira funerária

Você foi pago para não ouvir

agora a sua casa está em chamas


Acorde-me quando as coisas

começarem

Quando tudo começar a acontecer

 

Meus traços se formam

com uma mudança no tempo

Fim de semana

Nós podemos encontrar uma solução

Meus traços se formam

com uma mudança no tempo 

Fim de semana

Nós podemos encontrar uma solução


Quando o vento sopra

Quando as mães conversam

Quando o vento sopra

Quando o vento sopra

Quando as mães conversam

Quando o vento sopra

Nós podemos, 

Apenas nós podemos 

encontrar uma solução


Alguns de nós estão horrorizados

Outros nunca conversam a respeito disso

Mas quando o clima começar a esquentar

Então você saberá

que você está em apuros

Seguindo as pegadas

de uma guerreira

É hora de se vestir

e de encarar o mundo


Você não sente

que a sua sorte está mudando

Quando tudo começa a acontecer

Coloque a sua cabeça bem próxima ao

meu coração

A batida do tambor é o medo do

escuro


Meus traços se formam

com uma mudança no tempo....

 

 

Curiosidades:

 

    Escrita por Roland Orzabal e Ian Stanley, "Mothers Talk" foi o sétimo single lançado da banda (e pós "The Hurting"), alcançando o Top 40 das parada britânica. "Mothers Talk" foi gravada 6 meses antes do lançamento de seu segundo álbum de estúdio, "Songs from The Big Chair", e já mostra significantes modificações no que diz respeito ao "som" da banda. "Mothers Talk", conseguiu algum sucesso internacional.

    "Mothers Talk" foi escrita em 1983, e foi tocada pela primeira vez no final de 1983, na turnê de "The Hurting". No início de 1984, a banda entrou em estúdio para gravar a canção como seu próximo single. As gravações com seu novo produtor, Jeremy Green, não estavam saindo como planejado, e a gravação foi suspensa. Então, o produtor do álbum anterior, Chris Hughes, foi chamado de volta para a produção do single, então a música foi regravada e lançada à 6 agosto de 1984. Tal fato foi de suma importância, para a manutenção de Chris Hughes como produtor do novo álbum. 

    Juntamente com o lado B, "Empire Building", "Mothers Talk" foi uma das primeiras músicas do "Tears for Fears" utilizar o método "sampling". As cordas identificadas no início da canção foram tiradas de uma múcia (não identificada) de Barry Manillow, enquanto o sample de bateria utilizado em "Empire Building", foi extraído da música "Today I Died Again", do Simple Minds. Este foi o segundo single do Tears for Fears, lançado pela "Phonogram Records", que seria lançado utilizando discos coloridos e imagens gravadas no vinil como uma ferramenta promocional.

    Houve em 1986 (1º de abril), o lançamento do single nos Estados Unidos, conhecido como "US Remix". "Mother Talk" foi o quarto e último single do "Songs from The Big Chair" lançado nos Estados Unidos, regravado após turnê "The Big Chair", alcançando a 27ª posição na "Billboard Hot 100". Foi mixado pelo premiado produtor, Bob Clearmountain, que iria co-produzir o próximo álbum da banda. Além de uma imagem de capa diferente, o único destaque neste novo lançamento seria a presença da cover de Robert Wyatt, "Sea Song" (primeira parceria entre Roland Orzabal e Nicky Holland), por mais que esta mesma música já estivesse presente como lado B de "I Believe" em alguns países no ano de 1985. 

    Uma outra curiosiade bastante interessante sobre "Mothers Talk" é relacionada aos 3 videoclipes. A versão original (1984), é basicamente focada numa sala azul, que se intercala com cenas de uma jovem sendo estudada por cientistas, a banda não gostou do clipe, e rapidamente o "renegou", por mais que já tivesse sido divulgada em alguns programas britânicos. Um outro vídeo então foi gravado para substituir o anterior, gravado ainda em 1984. Ele foi dirigido por Nigel Dick e filmado com um orçamento bastante limitado, que basicamente tinha a dupla numa zona rural (alguns pontos foram gravados no quintal da casa de Curt Smith) que se intercalavam com notícias e imagens esportivas numa televisão. Ambos os clipes foram lançados para os mercados britânico e europeu, em meados de 84. O terceiro e último vídeo foi feito para o "US Remix", no qual retrata uma famíla preparando um abrigo antiaéreo para iminência de uma bomba nuclear (evidenciando a "corrida armamentista" existente na Guerra Fria), cuja ideia é oriunda de um livro em quadrinhos (de tema anti-nuclear) de Raymond Briggs, chamado "When The Wind Blows".

    *Uma observação sobre o primeiro video promocional é a não identificação da mulher que faz backin' vocal.

 

Roland Orzabal (adapt.):

    "Esta foi uma prova para o 'Songs from The Big Chair', em que descaradamente tentou se tornar mais comercial. Eu era contra, mas fui influenciado pro algumas pessoas que estavam trabalhando comigo. Eles queriam utilizar vários artifícios, mas eu não estava pronto para isso. Foi a partir daí, que as coisas realmente começaram a explodir."

    "A música tem dois significados: Um deles é o que remete ao que as mães dizem aos filhos sobre caretas. Que quando se faz careta, e um vento muda, elas ficariam para o resto da vida daquela maneira. A outra ideia é inspirada na obra de Raymond Briggs, "When The Wind Blows".

Comentários: Mothers Talk

Mother's talk

Data: 25/04/2013 | De: Publio

A terceira versão é melhor musicalmente e o vídeo é melhor também. É o último vídeo que Roland dança e o último com a formação original. Seria interessante ser tocada ao vivo nos dias atuais.

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!